Livraria Cultura

2

sábado, 17 de novembro de 2012

Middlesex (Jeffrey Eugenides)


























"Depois de décadas de indiferença, eu me pego pensando em tios e tias-avós já falecidos, avôs há muito perdidos, primos em quinto grau desconhecidos ou, no caso de uma família endogâmica como a minha, em todas essas coisas numa só. E, antes que seja tarde demais, quero registrar direito essa solitária viagem de montanha-russa de um gene através dos tempos. Canta agora, ó Musa, a mutação recessiva do meu quinto cromossomo! Canta o seu florescimento há dois séculos e meio nas encostas do monte Olimpo, enquanto as cabras baliam e as azeitonas caíam. Canta a sua passagem por nove gerações, acumulando-se invisivelmente na poluída herança genética da família Stephanídes. E canta o envio do gene pela Providência - sob o pretexto de um massacre - como uma semente sobre o mar até a América, até cair, em meio às nossas chuvas industriais, no solo fértil do útero caipira da minha mãe. Perdoem-me se às vezes fico um tanto homérico. Isso também é genético."













Mais frases & trechos selecionados pelos leitores: aqui!
















Assista ao vídeo:







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...