Livraria Cultura

2

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

As Vinhas da Ira (John Steinbeck)
















"O homem ficava sentado no seu assento de ferro e sentia-se orgulhoso das linas retas que ela não traçara, do trator que não lhe pertencia e que não amava, do poder que não podia controlar. E quando a safra progredia e a colheita terminava, nenhum homem pegava um punhado de terra quente e a deixava escorrer entre os dedos. Nenhum homem tinha tocado as sementes ou sentido alegria quando amadureciam. Os homens comiam aquilo que não tinham plantado; não tinham nenhum vínculo com o pão que comiam. A terra produzia pelo efeito do ferro, e sob os efeitos do ferro morria gradualmente; não era amada; nem adorada nem amaldiçoada."







"O homem não é apenas carvão, nem sal, nem água, nem cálcio. Ele é tudo isto, e também é muito mais que o simples resultado de sua análise. O homem, que é mais que a sua composição química, caminhando na terra, desviando o arado de uma pedra (...). (...) esse homem, que é mais que os elementos que o compõem, sabe também que a terra é mais que o simples resultado de sua análise química."












Mais frases & trechos selecionados pelos leitores:   aqui!
















Esse livro virou filme: assista ao vídeo












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...